Dia da Mulher

Dia da Mulher Morar: conheça história de mulheres que mudaram de vida em parceria com a Morar

Os dados do IBGE não mentem: em todo o Brasil, nada menos do que 34,4 milhões de domicílios são financeiramente comandados por mulheres, o que representa 45% do total de brasileiros. 

Esse número, em 1995, era de 25%, e a tendência, segundo os estudos, é de que a proporção de mulheres que chefiam famílias no país continue aumentando.

Essa realidade também é observada por nós no dia-a-dia da Morar!

Diariamente conhecemos mulheres que assumem o comando para serem donas dos seus próprios apês e também para oferecer um futuro mais próspero para suas famílias!

Conheça algumas histórias junto com a gente!

Érika conquistou sua independência e mudou totalmente de vida

O ano de 2010 marcou uma virada na vida da analista financeira Érika Zoteli. Depois de alguns anos casada, ela encerrou sua união e retornou para a casa dos pais, em Cariacica.

Após o retorno, ela almejava novamente conquistar sua independência. Após alguns anos reestruturando sua vida, ela começou a procurar alternativas para ter a posse do seu próprio lar novamente.

“Cheguei a conversar com outra construtora, mas as condições de pagamento não eram favoráveis. Então, um amigo me sugeriu procurar a Morar e foi a melhor decisão”, conta Érika.

A analista financeira Érica Zoteli dentro do seu novo apê. (Foto: Arquivo Pessoal)

A partir daí, ela utilizou seu FGTS como entrada e passou a pagar mensalidades que cabiam no bolso. Agora, ela já está com as chaves do seu apartamento em mãos.

“Essa mudança para mim é uma mudança total de vida. Quando era casada, normalmente eu esperava pela aprovação do meu marido para fazer as coisas. Agora eu vou morar no que é meu, eu chego a hora que quero, saio a hora que quero, Eu dei um novo rumo à minha vida e me sinto mais forte. Me sinto vitoriosa”, comemora Érika.

É “mulherão muito independente” que chama sim!

Conforto para A Grande Família

Há 25 anos, a confeiteira Sueli Oliveira, de 43, iniciou a sua família, que lhe rendeu quatro lindos frutos. Os filhos dela, com idades entre 23 e 4 anos, formam, junto com seu marido, uma família daquelas de comercial de margarina.

A felicidade se completou, no entanto, com a compra do apartamento para a família no Vista da Reserva, onde seus filhos poderão ter mais conforto para viver.

“Eu percebi como é importante que meus filhos tenham seu espaço quando um deles morou em uma república de estudantes. Ele sempre chegava aqui em casa reclamando de alguma coisa. Pensei então como seria importante que eles tivessem um espaço para viver com privacidade”, conta.

Com as chaves do apartamento em mãos, uma das filhas de Sueli, de 19 anos, já montou o quarto no Vista da Reserva. A ideia da matriarca é deixar um patrimônio para sua família.

Dia da Mulher
A confeiteira Sueli Oliveira quer deixar um legado para a família. (Foto: Arquivo Pessoal)

“A compra foi motivada pela vontade de deixar um legado e um patrimônio e também para que os meus filhos percebam que é preciso correr atrás do que desejamos. Eu me sinto uma heroína por poder dar uma condição melhor para meus filhos. Eu quero que eles se inspirem em mim”, afirma Sueli.

Uma mãezona dessas, né?!

Aos 26, Amanda inspira sua mãe

A jovem Amanda Rodrigues do Nascimento, de 26 anos, é mais uma proprietária do Vista da Reserva. Após se formar e conquistar seu emprego na área de departamento pessoal, ela começou a pensar em seu futuro e decidiu investir no seu apê próprio e já mora no imóvel.

“O dia em que eu me mudei foi de grande emoção. Eu chorei muito, de alegria. Me sinto muito realizada por ter concretizado um sonho, pois tenho consciência que sou jovem para ter conquistado algo tão significativo”, conta feliz.

E o melhor dessa história linda é que Amanda também inspira a mãe e o irmão mais novo, de 19 anos, a buscarem sair do aluguel. Uma mudança para toda a família rumo a um futuro melhor e com mais segurança.

Amanda com as chaves do novo apê em mãos: inspiração para toda a família. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Minha mãe e meu irmão já vieram me visitar, no primeiro final de semana após eu me mudar, e gostaram muito. Agora eles estão começando a buscar formas de sair do aluguel e prometem que vão procurar por opções da Morar em Vila Velha, onde eles vivem atualmente. Eu me sinto feliz e orgulhosa de poder servir como inspiração para minha família. Me considero uma mulher de muita garra”, confessa Amanda.

Juliana saiu do aluguel para o imóvel que sempre sonhou

A estagiária de Direito, Juliana Battestin, de 25 anos, e seu namorado, Antônio Hugo, fazem planos de oficializar o namoro, que começou em 2015. Para isso, era fundamental pensar no imóvel onde iriam morar.

“Aluguel é um dinheiro que a gente só vê saindo e nunca volta, eu não queria viver assim”, revela.

Por isso, ela buscava alternativas, mas fazia questão de um imóvel com espaço no térreo. E eis que ela encontrou o que buscava em uma unidade térrea com quintal privativo do Vista da Reserva.

“Eu queria muito ter um espaço para lavanderia e também para montar uma área gourmet, para receber os amigos. Também é super importante para nós termos uma área para que nosso cachorro possa aproveitar, então o térreo do Vista da Reserva é aquilo que buscávamos”, se alegra.

Dia da Mulher
Juliana e Hugo: disciplina e foco foram essenciais na conquista do apê próprio. (Foto: Arquivo Pessoal)

Para ela, a compra do apartamento junto com seu namorado é uma construção importante também para o relacionamento.

“Tivemos muito foco de entender qual era a nossa prioridade e nos disciplinarmos para isso. Conhecermos mais um ao outro. E eu passei a perceber a minha determinação, o meu foco naquilo que eu quero. Fico orgulhosa de mim”, exalta.

E tem como não ficar?

O que está esperando para você também ser uma mulher independente e determinada como a Érika, a Sueli, a Amanda e a Ju? #VemPraMorar você também! 

Entre agora em contato com um de nossos corretores e deixe o aluguel pra trás de uma vez por todas!