Condomínio de casas: Como funciona esse novo conceito de morar?

As casas são ideais para quem não abre mão de espaço e de uma área externa. As opções em condomínio fechado, por exemplo, recriam os tempos de infância em bairros, devido à segurança, aos espaços de lazer e também à proximidade com os vizinhos.

Mas ter casa traz o desafio da segurança, por isso cada vez mais famílias buscam a tranquilidade e a qualidade de vida dos condomínios horizontais. Espaço para as crianças, animais de estimação e convivência em família são alguns dos diferenciais das casas.

Com mais de 30 anos de história, a Morar possui expertise única em construção de condomínios fechados de casas já tendo entregue 7 só nesse modelo. Além de todo Know-how, a empresa também se destaca pela qualidade dos projetos e pela entrega no prazo.

Os condomínios horizontais da Morar foram planejados pensando na funcionalidade dos espaços comuns do condomínio. Dentro disso é importante ressaltar a infraestrutura e acabamento dos ambientes de lazer como o salão de festas, quadra, sala de ginástica e musculação e também o espaço de jogos e área de piscinas.  Todas as ruas e calçadas são projetadas para acesso fácil as casas e a área de guarita e muros pensados para preservar a segurança dos moradores com pulmão de segurança de acesso a pedestres, câmeras, interfones para identificação e muito mais.

O condomínio Aldeia Manguinhos é o último dos empreendimentos entregues pela Morar nesse modelo e é representativo dessa trajetória de sucesso em um novo conceito de qualidade de vida. O condomínio já está em funcionamento há mais de 1 ano e faz feliz seus moradores. O ambiente tranquilo faz com as crianças possam visitar casas de famílias vizinhas, passear de bicicleta pelas ruas, brincar na piscina enquanto os pais possam descansar tranquilos sabendo que os filhos estão em segurança.

E depois da entrega?

Uma preocupação natural das pessoas que gostariam de morar em um condomínio é as obrigações após a entrega.

Como funciona um condomínio de casas da Morar?

Após a conclusão das obras, acontece uma reunião promovida pela Morar de apresentação do condomínio para conhecer todos os detalhes da construção e aprovar a previsão orçamentária. A reunião é democrática e os futuros moradores podem nesse momento participar da eleição do corpo diretivo do condomínio (síndico, subsíndico e conselho consultivo fiscal) e empresa administradora.

A empresa administradora, será responsável pela contratação dos prestadores de serviços (porteiros, zeladores, etc), pela manutenção e conservação das áreas comuns, bem como no gerenciamento das receitas e despesas do condomínio, juntamente com o Síndico e Conselho isentando o morador de qualquer preocupação em relação as áreas comuns.

A previsão orçamentária é a relação de todas as despesas necessárias para que o condomínio possa funcionar e é rateada gerando a taxa de condomínio do morador. No caso das casas ainda não vendidas, a Morar paga 50% (cinquenta por cento) da taxa condominial.

Juntamente com as chaves, o cliente receberá também o Manual do Proprietário com todas as instruções de funcionamento da casa, como solicitação de energia, instalação de mobiliários, dentre outras. Além disso, em caso de dúvidas, o cliente terá acesso a um atendimento personalizado que a Morar oferece através da equipe de Relacionamento com Cliente. O trabalho dessa equipe é de dar todo o suporte a esse novo momento de vida dos moradores.

É importante destacar que toda a área comum é entregue mobiliada e decorada para que o morador não tenha nenhum custo com isso após a entrega e já possa usufruir dos espaços desde o primeiro momento. Toda essa infraestrutura será cuidada e conservada por uma administração para maior tranquilidade dos moradores. Assim o morador terá apenas a preocupação de desfrutar dos ambientes com sua família e as crianças poderão brincar na rua, andar de bicicleta com liberdade e segurança.